sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Tchau 2010

Meninas, último dia do ano... Que ano!

É chegada a hora de se despedir de 2010 e ficar torcendo por um 2011 cheio de coisas boas e de muita felicidade. Então nada como uma foto com um sorriso DESTE tamanho para desejar um feliz 2011.



Noivas queridas de 2011, tá cheg
andooooooooooooooo... =]

Beijocas

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Nosso Natal foi assim...


Juntei nossa mesinha da cozinha com a mesa de jantar,
por isso as cadeiras diferentes.


Melancia e abacaxi em formato de flor e de coração =]

Panoramica

Espumante que sobrou do casório... rs


Me cansei... Me estressei... Mas preparei tudo com o maior carinho... Papai e mamãe ficaram orgulhosos da filhinha-casada-prendada. Surpresa total!!! kkkkk

2010 tá acabando... Apesar do casamento, foi um ano "pesado" pra mim... Espero que 2011 seja muito melhor.

Em breve, continuação dos relatos do casamento, se alguém ainda quiser... Alguém???

Beijoca

sábado, 18 de dezembro de 2010

Natal aqui em casa

Olá, queridas. Resolvi dar uma pausa nos relatos essa semana para mostrar a decoração de Natal aqui de casa para vocês. Eu sempre gostei muuuuuuuuito de Natal e esse ano a ceia vai ser aqui na nossa casa, com nossas famílias reunidas. Ui... que responsabilidade né?

Se depender do marido, nada muda na casa para o Natal. Ele não liga pra isso... quer dizer, ele não liga pra nada... (a vida de casada merece um relato exclusivo... Mas ando me perguntando onde se meteu o conto de fadas!!!)

Vamos ao que interessa, né? Tentei colocar as fotos numa ordem... como se vcs tivessem visitando minha casa. Então quem chega aqui no 3º andar se depara com...

Porta da sala

Porta da cozinha

Árvore de Natal

Nossa árvore é de fibra ótica, então na foto fica assim pobrezinha, mas posso garantir que está linda "pessoalmente". =]

Aparador

Minha mais recente aquisição \0/. Comprei numa loja de móveis la na Lapa e estou apaixonada por ele. Fora que ele vai ser muito útil como apoio na ceia de Natal!!!

Aparador

Detalhe: Caixinha de biscoito com motivos natalinos que ganhei da chefe, fotos do casamento (Jura??? dãn) e compoteira com enfeites de Natal...

Presépio na mesinha de centro com noivinhos ao fundo!

Mesinha de canto

Simplesmente amo essa nossa foto do casamento!!! O porta retrato foi presente da minha irmã e na verdade é para ser usado na vertical... Mas como amei o porta retrato e a foto e ambos são MEUS, me achei no direito de usar desse jeito... hahaha. Reparem que o porta retrato já foi arranhado pela faxineira... Não sei como ela arranhou, porque ele está sujo... Então não foi limpando!!!

É isso, meninas. Espero que gostem da decoração.

Pretendo voltar aqui até o Natal, mas se não der desejo, desde já e de coração, FELIZ NATAL, com paz, harmonia, humildade, serenidade e muuuuuuuito amor!

Beijão

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Relato 7 - Rumo a festa

Entramos no carro e alguém do cerimonial falou para o motorista ir bem devagar... Fechei a porta do carro e disse: "Miro, vai correndo que eu preciso muuuuuuito fazer pipi!!!" hahaha. Essa sou eu, gentem...

No carro, eu fiquei bem quieta porque não conseguia lembrar da igreja. Na verdade, eu não enxerguei a igreja e fiquei perguntando para o então marido se estava do jeito que eu pedi e ele me responde: "ACHO que sim!" Aff... Me deu uma dor de cabeça... rsrs. Sempre fico com dor de cabeça após momentos de forte emoção... E tb estava morta de fome.

Num segundo chegamos lá... Não estava chovendo. Entramos numa salinha reservada... Fiz pipi e fomos servidos com as delícias do buffet... huummmm.... Tudo bom. Ficamos um tempo ali, esperando os convidados chegarem... Eu estava super eufórica... E o noivo derruba uma bandeja cheia de comida e bebidas, incluindo copos, no chão... Tadinho... Tinham que ver a cara dele.

Limparam a sujeirada toda e chega a dona da casa, aquela linda: "Cris, cadê a lista de convidados?" Oi???? hahaha... Eu não tinha bolsa né meninas? Respondi: Esqueci. E ela continua: "Mas estava no seu contrato que vc tinha que entregar a lista de convidados x horas antes da festa e nós precisamos da lista para fazer a contagem." Respondi calmamente que não estava com a lista, mas queria dar um chilique e perguntar porque não cobraram a p**** da lista enquanto levavam noivinhas lindas para visitaren minha suíte. Coisa insuportável... O cerimonial não estava controlando a entrada, porque voltou a chover forte e eles não iriam fazer fila de gente na chuva para conferir... Alias, quem em sã consciência vai sair de casa debaixo de um temporal para ir ao Alto da Boa Vista invadir festa de outrem. Só na cabeça daquela linda, mesmo! Mas ela teve coragem de pedir a Carol para abrir seu e-mail e imprimir a lista que eu tinha enviado.

Começamos a titrar fotos posadas e depois de tantos Cuidado aí e Aí não pode eu desisti e fomos tirar fotos com os padrinhos, que claro que não, não tenho as oficiais ainda... Isso me irrita tão profundamente. Queria entender o porquê de tanta dificuldade em se cumprir um contrato!

Tenho essas da madrinha Roberta:



Tiramos fotos com cada casal, mas essas só quando Papai Noel deixar os presentes no meu sapatinho ou quando eu ingressar com uma ação judicial de obrigação de fazer.

A foto com os padrinhos foi uma curtição... Todo muito animado. Foi quando a Carol disse que tínhamos extrapolado o cronograma em uma hora... Quase tive um troço. Nesse momento teve que haver uma inversão do cronograma por conta da super estrutura da casa de festas em relação a chuva... O programado éramos fazer o corte do bolo e as fotos com pais e padrinhos antes de entrarmos na festa, já que o bolo ficaria em um outro ambiente. Mas como esse ambiente parecia a Lagoa Rodrigo de Freitas, o bolo precisou ficar "dentro" da festa. Então tiramos fotos com os padrinhos no ambiente alagado, em meio aos peixinhos. Juro que queria ser menos debochada, meninas. E teriamos de tirar fotos no bolo e com os pais depois de entrar e de dançarmos... Foi a solução para aquele meu momento porque escolhi essa casa de festas?

Já estávamos atrasados, então vamos dançar... hehe

Beijoca

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Relato 6 - Cerimônia II

Amore estava me esperando... um pouco nervoso... Casamento, temporal, padre atrasado... Dá até para entender né? rsrs.



Quando começou a Marcha Nupcial e a porta se abriu, eu já não sentia mais nada... Parecia que estava flutuando... Surreal. E não, eu não consegui reparar na igreja e na decoração... Tb não conseguia enxergar o noivo, mas tentei olhar para cada um dos convidados. Ver pessoas tão queridas prestigiando seu casamento depois de toda aquela chuva... Muito feliz! * Suspiros *


Entrei lentamente com papai e mamãe. Mamãe nem respirava de tanto nervoso... rsrs. E fui olhando e identificando as pessoas, sorrindo... Em algumas fotos parece que eu estava super nervosa, mas a felicidade era tanta que meu sorriso congelou... Eu não conseguia "não rir".

Eu tive dificuldade de carregar o buque no "ossinho do quadril" porque estava de braço dado com mamis tb... Impossível... Relaxei, mas o buque foi quase na testa... hahaha. E andei um pouco torta por conta das muletas do meu pai... Faz parte!

Continuei prestando atenção na música e fiquei mais feliz quando a minha "noivice" deu certo: Pedi pro músico emendar a Nona Sinfonia no finalzinho da Marcha Nupcial. Eu amei... Foi mais ou menos nesse momento que o noivo veio me buscar. Momento inexplicável:


Começou a cerimônia. O Padre Ricardo, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, foi ótimo. Ele não é do tipo que faz gracinhas, mas nós gostamos dele no Curso de Noivos e estávamos felizes com nossa escolha. Ele falou sobre o amor, sobre nossa história e, num segundo, já era hora de entrar as alianças, que ficou por conta da minha irmã linda, ao som de Arioso:

Ela estava tão linda e tão feliz...

Eu não comprei almofadinha, porque não acho legal almofadinha para adultos. Cheguei a procurar pratinhos em loja de importados, mas nada me agradou. Era para ela levar na caixinha das alianças, mas a Carol, minha cerimonialista fofa, achou feia e foi na mão mesmo...

Ela entregou as alianças e ficou ali perto junto dos padrinhos.

Já era hora da benção das alianças e dos "prometos"... A benção foi ao som de Ave Maria de Gounod.

No fim das promessas, que, para nossa grata surpresa, não foram aquelas tradicionais ,o Padre pediu que fizéssemos uma declaração de amor para o outro... Assim??? No improviso? Nem lembro ao certo o que o marido disse, mas a minha declaração foi a seguinte:

- Voce está lindo. Eu te amo muito!

Foi só o que consegui dizer... rs. A maiora das pessoas achou lindo, espontâneo, mas ouvi gracinhas do tipo: "Vc está lindo não é declaração de amor, Cris, hahaha". Nem dormi por conta disso, como vcs devem imaginar... ¬¬

O noivo já pode beijar a noiva... Ahhhh, ainda não tenho foto. E fomos assinar o termo de casamento e cumprimentar os pais. Não cumprimentamos os padrinhos. Não sei porque... Uma pena. Tudo ao som de Concert pour une voix...

Tudo tão rápido, meninas... Tiramos fotos em família...

... e era hora de sair da igreja... Casados!



Saimos por último da igreja, porque eu queria que os participantes do cortejo fizessem bolinha de sabão. Muita bolinha, né Carol???

Assim foi feito... E ficou lindo!!!

O momento mais mágico da minha vida tinha se tornado realidade... Agora era correr pra festa... Vamos bombaaaaaaaaaaaaar.

Ps: Renata, o meu vestido não tinha cauda, o que facilita mantê-lo limpinho, mas é necessário levantá-lo sim, principalmente se estiver chovendo. A equipe de cerimonial é essencial nessa parte.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Relato 5 - Cerimônia I

Adentrei o meu PT Cruiser e o motorista foi saindo com o carro da Casa de Festas... Um dos cinegrafistas foi junto com a gente para ir registrando.. Devia ser por volta das 18:30. Meu casamento estava marcado para às 19:30 e a igreja ficava a 20 minutos... Liguei pra Carol, minha cerimonialista, avisando que estava indo. Ela achou muiito cedo (jura???? rs) Perguntei se o noivo estava lá e ela disse que chegou antes dela... Ohn... Ele me ama.

O motorista foi beeeeeeeeeeeeem devagar conversando comigo. Chegamos!!! Eram umas 18:50. Não tinha quase carro no estacionamento... rs. A Carol disse que a igreja ainda estava vazia, mas estava tranquila porque estava marcado para 19:30. Foi ótimo eu chegar cedo, porque vi todo mundo chegar!!!

Umas 19:15, minha madrinha Roberta me liga e fica espantada de eu atender o celular... Mas eu não largo o dito cujo por nada... hahaha. Ela estava atrasada... Bateu com o carro... Nada grave, mas atrasou um pouco. As 19:30, a Carol me pergunta se eu tinha o telefone do padre. AI MEU DEUS! Não tinha. Cade o padre? Atrasou... kkkk... Uns 15 minutos depois ele chegou e ia começar o cortejo!!!! Aiiiiii, que nervoso....



Como não tenho as fotos oficiais ainda, não tenho o registro de todo o cortejo... Puxa... Mas vamos lá, com o que eu sei...

Os padrinhos e pai do noivo entraram ao som de "Jesus, alegria dos homens". Entraram com a mesma música porque eram só 04 casais de padrinhos no total, então trocar de música não ficaria muito legal

O noivo entrou ao som de "Bolero Ravel".. Olha que lindoooo:


Depois, vieram os pequenos... Eles eram muito pequenos, meninas... A dama tem 02 anos e o pajem, 01 aninho!!!! Ninguém acreditava muito que eles entrariam. E eles entraram, ao som de Minueto de Bach...



Enquanto isso, o cerimonial me passava umas instruções, arrumava meu vestido, meu véu, meu cabelo... Momento celebridade... rsrs. E, segundo o marido, depois de muito tempo, começou a tocar a Marcha Nupcial. Não sei porque eu demorei a entrar... Nada aconteceu... Acho que queriam criar um suspense mesmo. E a porta se abriu e pude finalmente conhecer a Capela onde eu me casaria. Acreditem se quiser, eu nunca tinha ido lá...



Pode parecer piegas, mas esse momento é mágico... Melhor dizendo, daqui pra frente é tudo mágico... Quase impossível traduzir em palavras o que se sente. Mas vou tentar no próximo relato. Agaurdo todas vcs aqui!

Beijo


Ps: Meninas, estou tão cansada... Voltei a trabalhar esta semana e justamente esta semana é a semana da conciliação no TRT. Valha-me Deus... Chega logo sábado!